Tuesday, March 17, 2015

March album of the month Dynfari's 'Vegferð tímans'

O black metal atmosférico está cada vez mais forte e o novíssimo álbum dos Islandeses Dynfari chamado ‘Vegferð tímans’ (diretamente traduzido para “Viagem temporal”) vem confirmar isso mesmo. Os Nórdicos são sábios experientes quando se trata de melodias obscuras. É algo que lhes está nas veias, como se tivessem um gene hereditariamente preparado para este tipo de música melancólica e fria. A verdade é que o clima dominado maioritariamente por chuvas, ventos e pela formação de gelo obriga a uma adaptação mais rigorosa do Homem. Se essa adaptação não modifica a nossa maneira de ser, então algo de muito errado se passa. É apenas normal que um ambiente assim, em junção com as paisagens montanhosas, florestais e de campos de areias, seja propício a um sentimento de união com a natureza e a um estado de alma melancólico.

A ideia de “viagem temporal” é aquela à qual comumente chamamos morte. Este é o tema do álbum - o fim de um ciclo, a inevitabilidade da morte e a escuridão final. O que torna este trabalho tão mágico é o fato da viagem, que nos envolve ao longo dos 56 minutos, poder ser lida de várias maneiras. E como tal, eu tirei o meu próprio significado. O início leva-nos numa jornada que celebra a vida, mas que exalta a irreversibilidade da morte (primeiras quatro faixas). O meio é a queda, ou seja, a morte em si e o momento em que o ciclo da vida se encerra (quinta faixa). O fim é a viagem da alma, desde que sai do corpo, até à escuridão (últimas três faixas). No entanto, fiz outra leitura deste magnífico trabalho. Uma vez que os Dynfari são uma força fortemente influenciada pelo misticismo das florestas, pude relacionar a “viagem temporal” com a união do Homem à natureza.

Para melhorar, o tema do álbum está num perfeito casamento com as paisagens sonoras criadas pelos músicos brilhantes que compõem a banda. Todos os elementos do som estão interligados não podendo ser dissociados uns dos outros. Por exemplo: as melodias estão em harmonia com o tema; as atmosferas exaltam a celebração da vida e o luto da morte de forma detalhada; tal como o ciclo da vida, o álbum deve ser encarado como um ciclo com início e fim, portanto deve ser ouvido como um todo e não só pelas partes que o formam.

No fundo, por detrás do tema principal, há todo um conceito de unificação e como tal não nos podemos limitar ao que ouvimos pela primeira vez. Este é daqueles “petardos” que à medida que o vamos ouvindo descobrimos mais detalhes que o tornam fantástico. À primeira vista pode parecer um trabalho simples de black metal atmosférico, mas assim não é. A complexidade da mistura do black metal com atmosferas melancólicas e assombrosas é bem presente. A dificuldade reside em recriar a energia diabólica do black metal sem o estragar com melodias enfadonhas e ao mesmo tempo não deixar o elemento da beleza atmosférica desvanecer nessa energia negra do black metal. Por isso este tipo de música extrema torna-se uma faca de dois gumes, na qual facilmente nos cortamos. Mas os Dynfari manejam muito bem esta faca e criaram o equilíbrio ideal entre os dois géneros.

A fusão está bem conseguida, a qualidade do som não podia ser melhor, a produção está cinco estrelas, o conceito é brutal, as batidas estão muito fortes, cheias de espírito e paixão. Ou seja, não há comentários construtivos, muito menos negativos, em relação ao álbum. É sem dúvida um dos meus preferidos do black metal atmosférico de 2015. E a meu ver, está muito perto da perfeição. Álbum do mês de Março, sem dúvida!


One melee with the words, ideas and its paradoxes... albuns that are news, the reviews at "HeavyHardMetalmania.net", always with its watermark,  Pedro Ribeiro, with love for beer... sorry, music from an early age, he studied piano and singing from 7 to 14 years,  then, devoted himself to the study of the guitar for 5 years. "The wisdom is found in the extremes, all extreme Metal here!"


Dynfari
1.Ljósid 03:10
2.Oreida 05:10
3.Sandkorn (í stundaglasi tímans) 05:13
4.Hafsjór 08:03
5.Fall Hinna XCII og 2,57885161 01:01
6.Vegferd I - Ab Terra 12:19
7.Vegferd II - Ad Astra 11:22
8.Vegferd III - Myrkrid 09:27